(11)

(11)

(11)

Recarga de Extintor

Recarga de extintor deve ser efetuada regularmente e é um dos mais importantes procedimentos, já que a carga do elemento extintor, que pode ser gás carbônico, pó químico ou água, é essencial no extermínio a focos de chamas.

A recarga de extintor deve ser realizada de forma periódica, no qual extintores de gás carbônico precisam ser recarregados a cada seis meses aproximadamente e extintores de água ou pó químico a cada um ano, aproximadamente.

Para que serve a recarga de extintor?

Um procedimento essencial para garantir maior segurança em casos de incêndio, a recarga de extintor deve ser realizada sempre que o equipamento for usado total ou parcialmente em uma emergência, ou então periodicamente mesmo que ele esteja muito tempo sem uso.

Sendo assim, a recarga do extintor serve para manter a eficácia do equipamento, para que assim ele possa ajudar a controlar e combater o incêndio de forma segura e rápida.

A recarga de extintores deve ser realizada somente por profissionais especializados e empresas certificadas, seguindo todas as normas de segurança previstas na legislação, sem qualquer alteração nas condições originais do material.

Após a recarga, um anel de identificação é colocado no extintor, obedecendo a cor definida para o ano em vigor.

Qual o prazo para recarga de extintores de incêndio?

O prazo para fazer a recarga vai depender do tipo de extintor. Por exemplo, os equipamentos de água ou pó químico devem ser recarregados uma vez ao ano. Já os de gás carbônico precisam de recarga a cada seis meses.

Entretanto, saiba que esses prazos são válidos para extintores que estiverem em excelente estado, que não tiveram nenhuma descarga e estão com os anéis da válvula intactos. Caso o extintor tenha alguma modificação é necessário solicitar a manutenção, para que possa assegurar a funcionalidade do equipamento em casos de emergências.

Além disso, durante a cada inspeção deve ser feito um relatório padronizado, tendo as seguintes informações:

  • Data;
  • Identificação dos responsáveis;
  • Identificação do equipamento;
  • Tipo de manutenção realizada.

Como existem variações entre os extintores, a forma como é feita a recarga também é diferente de equipamento para equipamento. Portanto, buscar pelo serviço de uma empresa especializada na área, assim como a Fly Soluções Contra Incêndio, é fundamental para que o procedimento seja realizado de forma correta e no tempo adequado.

Quais são os tipos de extintores?

Como vimos acima, existem diferentes tipos de extintores no mercado e o tempo de recarga e como o processo é realizado pode variar de um para o outro.

Essa variação existe já que o fogo pode ser provocado em diferentes cenários e com diferentes combustíveis. Por isso, escolher o mais adequado é indispensável para evitar outros tipos de desastres.

Sendo assim, conheça mais sobre os tipos de extintores abaixo:

  • Extintor de Água Pressurizada - utilizado para combater princípios de incêndios de classe A e extingue o fogo por resfriamento. Sendo assim, não deve ser usado em aparelhos elétricos energizados.
  • Extintor de Gás Carbônico - usado em incêndios de classe A, B e C, sendo indicado para equipamentos elétricos energizados.
  • Extintor de Pó Químico Seco - pode ser de pó químico pressurizado ou pó químico especial. É utilizado em todas as classes de incêndios, não sendo indicado apenas para centrais telefônicas ou computadores por deixar resíduos. Não tem boa atuação nos incêndios da classe A e é preciso completar a extinção jogando água.

Quanto custa uma recarga de extintor de incêndio?

Caso esteja precisando fazer a recarga de extintores e queira saber valores, saiba que o preço pode variar de acordo com o tipo de substância do extintor.

Faça recarga de extintor em uma empresa certificada

A Fly Soluções Contra Incêndio é uma empresa especialista e certificada em processos de manutenção, recarga e outros procedimentos, feitos de acordo com normas.

.